segunda-feira, 24 de junho de 2013

Agualusa vence prémio Manuel António Pina


     O escritor angolano José Eduardo Agualusa foi o vencedor da primeira edição do Prémio Manuel António Pina, criado pela Tcharan para distinguir obras da literatura infantil e juvenil, com A Rainha dos Estapafúrdios.
     Ilustrado por Danuta Wojciechowska e editado pela D. Quixote, o livro, uma recriação de um conto tradicional africano, narra as aventuras da perdigota Ana, uma pequena perdiz cinzenta, irrequieta e curiosa que procura uma plumagem mais colorida do que aquela que a natureza lhe concedeu ao nascer. "Sozinha, engana uma hiena esfomeada, enfrenta um leão feroz e transforma-se numa rainha da savana".

sexta-feira, 21 de junho de 2013

"O Dia em que o mar desapareceu"


3.ºB

"O Dia em que o mar desapareceu"


1.º A

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Sape gato lambareiro

            Os alunos do 6.º C, a partir do mote «Sape gato lambareiro», produziram, na aula de Português, um poema coletivo, tendo cada um contribuído com dois versos de sua autoria.
            Eis o resultado final:

                    Sape gato matreiro,
                    não sejas caseiro.
                    Sape gato guloso,
                    Não sejas luxuoso.
                    Sape gato atrapalhado,
                    tira a mão do meu cunhado.
                    Sape gato comilão,
                    não comas melão.
                    Sape gato gulosos,
                    não estejas no gozo.
                    Sape gato lamaceiro,
                    não comas tudo do açucareiro.
                    Sape gato porcalhão,
                    estás sempre a sujar o chão.
                    Sape gato poeta,
                    vai sempre à biblioteca.
                    Sape gato gatão,
                    não me comas o pão.
                    Sape gato comilão,
                    não metas a mão no chão.
                    Sape gato bonitinho,
                    não sejas sujinho.
                    Sape gato borralheiro,
                    tira a pata do açucareiro.
                    Sape gato jornalista,
                    nunca sejas portista.
                    Sape gato manhoso,
                    não sejas muito guloso.
                    Sape gato comilão,
                    come queijo e não pão.
                    Sape gata bonitinha,
                    saíste mesmo à tua madrinha.
                    Sape gato benfiquista,
                    vai já ser portista.
6.º C

Correção do exame de Português 9.º ano - 2013

     Os critérios podem ser encontrados neste link.

Correção do Exame de Português 2013 - 6.º ano

quarta-feira, 19 de junho de 2013

Parabéns, Garfield!


     Garfield, o gato preguiçoso, sarcástico e comilão, celebra hoje o seu 35.º aniversário, certamente com a sua comida preferida: pizza e lasanha.
     Esta personagem, que passa a vida a comer, a dormir e a infernizar a vida do dono, John Arbuckle, foi criada pelo autor norte-americano Jim Davis, que publicou a primeira tira de banda desenhada, a 19 de junho de 1978, em 41 jornais.
     A popularidade este gato laranja foi crescendo ao longo do tempo, de tal modo que, além de surgir em mais de 2 500 jornais de todo o mundo, esteve na génese de filmes, séries de televisão, jogos de computador e dezenas de produtos de índole diversa.

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Inédito de Eça de Queirós

segunda-feira, 3 de junho de 2013

Voz ativa e passiva

1. Observa as frases dadas, que se encontram na forma / voz ativa.
a) O Fabiano marcou um grande golo.
b) O Zé efetuou uma extraordinária defesa.
c) A Marisa emprestará o caderno diário às colegas.
d) A Lili realiza sempre os trabalhos de casa.
e) A Cláudia oferece um presente de aniversário à Susana todos os anos.
f) O André disse uma mentira à mãe.
g) A Cátia comeu o pastel de nata durante a aula.
h) A Joana faz várias intervenções nas aulas de Português.
i) A minha esposa consultou o médico ontem.
j) Eu quase esquecia a Marisa neste exercício.

1.1. Coloca-as na forma passiva.

2. Observa, agora, as frases seguintes.
a) A tartaruga do meu vizinho foi atropelada pela ambulância.
b) Uma canção era dedicada pelo Marco Paulo à Anita.
c) O estojo do professor fora surripiado pelo Malaquias.
d) A Terra será destruída pela ação do homem.
e) Os parabéns são cantados pelo Ernesto à namorada.
f) A carrinha dos gelados foi assaltada pelos bandidos.
g) O iogurte é comido pelo gato do Antunes.
h) A roupa será passada pela empregada.

2.1. Coloca-as na forma passiva.

* * * * * * * * * *
Correção

1.1.
a) Um grande golo foi marcado pelo Fabiano.
b) Uma extraordinária defesa foi efetuada pelo Zé.
c) O caderno diário será emprestado pela Marisa às colegas.
d) Os trabalhos de casa são sempre realizados pela Lili.
e) Um presente de aniversário é oferecido à Susana pela Cláudia todos os anos.
f) Uma mentira foi dita pelo André à mãe.
g) O pastel de nata foi comido pela Cátia durante a aula.
h) Várias intervenções são feitas pela Joana na aula de Português.
i) O médico foi consultado ontem pela minha esposa.
j) A Maria quase era esquecida por mim neste exercício.

2.1.
a) A ambulância atropelou a tartaruga do meu vizinho.
b) O Marco Paulo dedicava uma canção à Anita.
c) O Malaquias surripiara o estojo do professor.
d) A ação do homem destruirá a Terra.
e) O Ernesto canta os parabéns à namorada.
f) Os bandidos assaltaram a carrinha dos gelados.
g) O gato do Antunes come o gelado.
h) A empregada passará a roupa.

Pronominalização II

1. Reescreve as frases, substituindo os grupos sublinhados pelos pronomes pessoais adequados.
a) A Rita viu a Lúcia no concerto.
b) A Bia reencontrou os primos.
c) O Vlad vai comprar uma tartaruga.
d) O André e a Diana realizaram o trabalho de casa.
e) A Carina, finalmente, fez o trabalho de casa.
f) Cumpram sempre as ordens dos professores.

2. Realiza exercício semelhante ao do item 1. com as frases seguintes.
a) Inês, empresta um lenço ao Bruno.
b) Os alunos contaram o episódio à diretora de turma.
c) Pedro, passa a bola ao João.
d) A Ana Rita e a Raquel agradeceram o apoio aos colegas.

3. Rescreve as frases dadas, substituindo os grupos destacados asublinhados pelo pronome pessoal correspondente, conforme o exemplo.
a) Traz-me o PIT amanhã. » Traz-mo amanhã.
b) Dou-te um sopapo se copiares no teste.
c) Ofereço-lhe flores no aniversário.
d) Deem-nos um motivo de orgulho.
e) Empresto-vos os materiais durante as férias de verão.
f) Compro-lhes os jornais diariamente.

4. Reescreve as frases, substituindo os grupos sublinhados por um pronome pessoal, segundo o exemplo.
a) Eu descobrirei as vossas cábulas num esfregar de olhos. = Eu descobri-las-ei num esfregar de olhos.
b) Tu darás essa boneca à tua prima.
c) A Lara informará os colegas sobre estes exercícios.
d) Nós escutaremos o relato na rádio.
e) Vós encontrareis o rumo da vossa vida mais tarde.
f) O André e o irmão farão uma comunicação importante à família.

5. Reescreve as frases, substituindo os grupos sublinhados por um pronome pessoal, conforme o exemplo.
a) Eu ganharia o Euromilhões se apostasse. = Eu ganhá-lo-ia se jogasse.
b) Tu compreenderias a matéria se estivesses atento e estudasses.
c) Ele ouviria o discurso se o pai deixasse.
d) Nós faríamos uma festa se o Benfica tivesse sido campeão.
e) Vós conheceríeis a minha avó se ela não tivesse sido atropelada.
f) A Cátia, a Maria e o Fábio visitariam a amiga se tivessem tempo.



Correção

1.
a) A Rita viu-a no concerto.
b) A Bia reencontrou-os.
c) O Vlad vai comprá-la.
d) O André e a Diana realizaram-no.
e) A Carina, finalmente, fê-lo.
f) Cumpram-nas sempre.

2.
a) Inês, empresta-lhe um lenço.
b) Os alunos contaram-lhe o episódio.
c) Pedro, passa-lhe a bola.
d) A Ana Rita e a Raquel agradeceram-lhes o apoio.

3.
b) Dou-to se copiares no teste.
c) Ofereço-lhas no aniversário.
d) Deem-no-lo.
e) Empresto-vo-los durante as férias de verão.
f) Compro-lhos diariamente.

4.
b) Tu dá-la-ás à tua prima.
c) A Lara informá-los-á sobre estes exercícios.
d) Nós escutá-lo-emos na rádio.
e) Vós encontrá-lo-eis mais tarde.
f) O André e o irmão fá-la-ão.

5.
b) Tu compreendê-la-ias se estivesses atento e estudasses.
c) Ele ouvi-lo-ia se o pai deixasse.
d) Nós fá-la-íamos se o Benfica tivesse sido campeão.
e) Vós conhecê-la-íeis se ela não tivesse sido atropelado.
f) A Cátia, a Maria e o Fábio visitá-la-iam se tivessem tempo.

Pronominalização

& Pronomes

         Os pronomes pessoais com funções sintáticas de complemento direto e complemento indireto podem ser colocados:
1.º) Antes da forma verbal: Ele não o comprou.
2.º) Após a forma verbal: Ele ofereceu-lhe um presente.
3.º) Intercalados na forma verbal: Ele oferecer-lhe-á um presente.

1. Lê atentamente as frases seguintes.
a) O João e a Joana fizeram o trabalho.
b) Eu dei um beijo à minha mãe.
c) Nós compramos muitos pepinos na feira.
d) Tu contaste às tuas irmãs o nosso segredo?
e) Eles contaram tudo ao polícia.

1.1. Identifica a função sintática dos grupos frásicos sublinhados nas frases.
a) complementos direto e oblíquo.
b) complementos direto e indireto.
c) complementos direto e oblíquo.

1.2. Reescreve a frase, substituindo esses grupos frásicos pelos pronomes pessoais átonos adequados (o, a, os, as) e efetuando as alterações necessárias.

1.3. Em que posição foram colocados os pronomes pessoais?
a) Antes da forma verbal.
b) Depois da forma verbal.
c) Intercalados na forma verbal.

1.4. Que sinal gráfico usaste para ligar o pronome à forma verbal?

1.5. Classifica as frases quanto à sua polaridade.

1.6. CONCLUI:
         Regra geral, o pronome pessoal com funções sintáticas de complemento direto e indireto _______________ (coloca-se / não se coloca) após a forma verbal, em frases afirmativas, e _______________ (surge / não surge) ligado à forma verbal através de um hífen.

2. Lê, novamente, as frases apresentadas, atentando nas alterações introduzidas.
a) O João e a Joana não fizeram o trabalho.
b) Eu nunca dei um beijo à minha mãe.
c) Nós não compramos muitos pepinos na feira.
d) Tu jamais contaste às tuas irmãs o nosso segredo?
e) Eles nunca contaram ao polícia.

2.1. Rescreve as frases, substituindo os grupos frásicos sublinhados pelos pronomes pessoais átonos adequados e efetuando as alterações necessárias.

2.2. Em que posição foram colocados os pronomes pessoais?
a) Antes da forma verbal.
b) Depois da forma verbal.
c) Intercalados na forma verbal.

2.3. Tendo em consideração os constituintes destacados a negrito, classifica as frases quanto à sua polaridade.

3. Lê, novamente, as frases da questão 1., atentando nas alterações introduzidas.
a) Eles disseram que o João e a Joana fizeram o trabalho.
b) A Maria afirmou que eu dei um beijo à minha mãe.
c) Fomos nós que comprámos muitos pepinos na feira.
d) Quando contaste às tuas irmãs o nosso segredo?
e) Embora eles contassem tudo ao polícia, ele não acreditou.

3.1. Reescreve as frases, substituindo os grupos sublinhados pelos pronomes pessoais átonos adequados e efetuando as alterações necessárias.

3.2. Em que posição colocaste os pronomes?
a) Antes da forma verbal.
b) Depois da forma verbal.
c) Intercalados na forma verbal.

3.3. A que classe de palavras pertencem os constituintes destacados a negrito?
a) Conjunção coordenativa e pronome relativo.
b) Conjunção subordinativa e pronome demonstrativo.
c) Conjunção subordinativa e pronome relativo.

4. CONCLUI:
         O pronome pessoal com funções sintática de complemento direto e indireto deve ser colocado antes da forma verbal quando:
a) na frase / oração _______________ (existem / não existem) palavras de valor negativo;
b) a frase / oração _______________ (é / não é) introduzida por uma conjunção subordinativa ou por um pronome relativo.



Correção

1.1. b)

1.2.
a) O João e a Joana fizeram-no.
b) Eu dei-o à minha mãe.
c) Nós compramo-los na feira.
d) Tu contaste-lhes o nosso segredo?
e) Eles contaram-lhe tudo.

1.3. b)

1.4. O sinal gráfico usado foi o hífen.

1.5. As frases são afirmativas.

1.6. CONCLUI:
         Regra geral, o pronome pessoal com funções sintáticas de complemento direto e indireto coloca-se após a forma verbal, em frases afirmativas, e surge ligado à forma verbal através de um hífen.

2.1.
a) O João e a Joana não o fizeram.
b) Eu nunca o dei à minha mãe.
c) Nós não os compramos na feira.
d) Eles nunca lhe contaram.

2.2. a)

2.3. As frases são negativas.

3.1.
a) Eles disseram que o João e a Joana o fizeram.
b) A Maria afirmou que eu o dei à minha mãe.
c) Fomos nós que os comprámos na feira.
d) Quando lhes contaste o nosso segredo?
e) Embora eles lhe contassem tudo, ele não acreditou.

3.2. a)

3.3. c)

4. CONCLUI:
         O pronome pessoal com funções sintática de complemento direto e indireto deve ser colocado antes da forma verbal quando:
a) na frase / oração existem palavras de valor negativo;
b) a frase / oração é introduzida por uma conjunção subordinativa ou por um pronome relativo.