quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

Mês Internacional das Bibliotecas Escolares


     "Bibliotecas Escolares, Ligando comunidades e culturas" foi o lema selecionado para assinalar esta efeméride no ano de 2017.
     Nos dois espaços da BE, foram expostos documentos alusivos à temática.

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Qual é o plural de Pai Natal?


          a) Pai Natais?

          b) Pais Natais?

          c) Pais Natal?

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Rota do 'Memorial do Convento'

Foi hoje apresentada, pelas 11h30, na sede da Fundação José Saramago, a Rota do Memorial do Convento, iniciativa conjunta das Câmaras Municipais de Lisboa, Loures e Mafra. A criação desta rota tem como objetivo “valorizar a notoriedade e a atratividade dos recursos patrimoniais e culturais dos concelhos e dos sítios onde os monumentos históricos e arquitetónicos classificados se localizam” e “criar uma oferta de novos nichos de turismo de cultura, com enfoque na componente literária”.
A apresentação da Rota insere-se na comemoração dos 19 anos da entrega do Prémio Nobel de Literatura ao escritor.


Este itinerário literário envolve as personagens do romance, nomeadamente os protagonistas - Baltasar e Blimunda -, o "sonho utópico de voar de Bartolomeu de Gusmão e a devoção à música de Domenico Scarlatti, fazendo o passado histórico ganhar vida no presente".
       A criação da Rota inscreve-se na celebração dos 35 anos da publicação de Memorial do Convento (1982) e do 19.º aniversário da atribuição do Nobel da Literatura ao seu autor.
       O percurso cruza a rota da pedra e a dos materiais estéticos e religiosos de Lisboa pata o Convento de Mafra. Inicia-se em Lisboa, mais concretamente na Praça da Ribeira, prosseguindo pela Praça do Comércio e Casa dos Bicos, local que pode ser também o início ou o fim do trajeto. Em Loures, passa pela Biblioteca Municipal Ary dos Santos, onde está instalado um ponto de informação sobre a rota, pelo Miradouro sobre o rio Trancão, sem Sacavém, pela Igreja de Unhos, Centro de Acolhimento Turístico e Interpretativo da Rota Memorial do Convento, na Biblioteca Municipal José Saramago, na cidade de Loures, pela praça Monumental, em Santo Antão do Tojal, e pelos largos do Coreto, em Fanhões, da Feira, na Malveira, e Igreja de São Miguel, em Alcainça. Já em Mafra, local onde o convento foi erigido, a rota abarca a capela do Espírito Santo, o Palácio Nacional, o Miradouro de Vila da Velha, as antigas Casas da Câmara e o Pelourinho e, finalmente, em Cheleiros, o largo da Igreja Matriz.
      Além disso, a Rota prevê ainda a produção de conteúdos de interpretação em suporte digital, multimédia ("website" e aplicativo móvel, APP) e, em papel, ações de "marketing" turístico e cultural, realização de eventos de caráter internacional e diversas iniciativas de divulgação e promoção de índole técnico.científica.

Pais leitores


Os pais do 1.º ciclo começaram já a corresponder ao repto lançado pela biblioteca escolar e pelos docentes titulares das turmas, no início do ano letivo, para terem um papel ativo em atividades de leitura.

Na turma do 1.º B, duas mães leram o livro intitulado A sopa verde com o intuito de promover hábitos de leitura e de uma alimentação saudável.

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Formação dos utilizadores

Para promover o valor da biblioteca escolar, motivar para o seu uso, esclarecer a sua forma de organização, ensinar a tirar partido das suas diferentes valências e divulgar atividades a dinamizar ao longo do ano, a equipa que a coordena levou a cabo várias iniciativas com as turmas dos 4.º, 5.º e 7.º anos de escolaridade.
Essa abordagem foi iniciada com as turmas do 4.º ano, com a leitura e exploração didática da história “Sábios como Camelos”, de José Eduardo Agualusa, e concluída com um atividade de expressão plástica que visava a atribuição de um adjetivo à biblioteca por cada um dos alunos.
Posteriormente, através do visionamento e exploração do filme “Fatastic Flying Books of Mr. Morris Lessmore”, foram introduzidas as atividades que envolveram as turmas do 5.º ano.


sábado, 2 de dezembro de 2017

Projeto SOBE: Saúde Oral


A biblioteca escolar e a Higienista Oral do Centro de Saúde levaram a cabo diversas atividades no sentido de sensibilizar os alunos para os cuidados que devem ter para terem uma boa saúde oral.
Começaram por efetuar o rastreio e alertá-los para a necessidade de que só uma alimentação saudável, aliada a uma escovagem regular dos dentes, permitirá ter uma boca saudável. Esses conceitos foram consolidados através da realização, em grupo, de um jogo criado pelas entidades promotoras das atividades.

Foram ainda distribuídos os Kits disponibilizados, constituídos por escova e pasta de dentes.

Simetrias de rotação

Disciplina: Matemática

. Ano: 6.º


OU

     * Acede ao QR CODE:

Projeto "Ler para Crescer": 'O Gigante Egoísta'

No dia 31 de outubro, a turma do 4.º A deslocou-se à biblioteca para assistir a uma sessão de leitura, tendo por base o conto O Gigante Egoísta, de Oscar wilde. A leitura da obra foi efetuada por uma mãe de um discente da turma. Depois do reconto e da exploração oral da mesma, os alunos, em trabalho de grupo, escreveram um acróstico, tendo por base o seu título.

Ângulos

Disciplina: Matemática

. Ano: 5.º


OU

     * Acede ao QR CODE:


quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Figura mistério de novembro


Humor e Comunicação

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Sistema digestivo

Disciplina: Ciências Naturais

. Ano: 6.º


OU

     * Acede ao QR CODE:


Formação do solo

Disciplina: Ciências Naturais

. Ano: 5.º


OU

     * Acede ao QR CODE:

Nutrientes II

Disciplina: Ciências Naturais

. Ano: 6.º


OU

     * Acede ao QR CODE:

Habitat

. Disciplina: Ciências Naturais

. Ano: 5.º



OU

     * Acede ao QR CODE:


sábado, 18 de novembro de 2017

Cantigas de escárnio e maldizer



(c) Porto Editora

"A pensar de pernas para o ar"

Pensar de pernas para o ar
é uma grande maneira de pensar
com toda a gente a pensar como toda a gente
ninguém pensava diferente

Que bem é pensar em outras coisas
e olhar para as coisas noutra posição
as coisas sérias que cómicas que são
com o céu para baixo e para cima o chão

                                   Manuel António Pina, in O país das pessoas de pernas para o ar

Espólio de Manuel António Pina vai ser digitalizado

(c) Público on-line

Rascunho muito inicial de um poema

     O espólio do jornalista e escritor Manuel António Pina, falecido precisamente há cinco anos, será digitalizado em breve.
     Para tal, a Faculdade de Letras da Universidade do Porto, entidade que adjudicará a tarefa de digitalização a uma empresa especializada, será contemplada com uma bolsa no valor de 6 mil euros, atribuída pela Fundação Calouste Gulbenkian.
     Os materiais digitalizados ficarão à guarda do Centro de Estudos da Cultura em Portugal, uma instituição recentemente criada pela FLUP para acolher, tratar e investigar acervos documentais relevantes para a cultura e literatura portuguesas, dirigida pela professora Fernanda Ribeiro.
     Por vontade de Sara Pina, filha do escritor, o espólio ficaria inteiramente aberto à comunidade, embora não estejam ainda definidos os termos exatos em que tal poderá vir a ocorrer.

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Medição de ângulos

. Disciplina: Matemática

. Ano: 5.º




OU



     * Acede ao QR CODE:


Amplitude de ângulos

Disciplina: Matemática

. Ano: 5.º


OU



     * Acede ao QR CODE:


terça-feira, 14 de novembro de 2017

«Os livros é que contam»


Os livros despertam em nós a nossa imaginação, levam-nos para lugares obscuros, encantados, levam-nos para outro mundo. As bibliotecas proporcionam-nos sossego, nesse silêncio e com os nossos olhos entre as palavras de um livro, refletimos e entre esses pensamentos sonhamos.
Na minha opinião, a sociedade atual não sabe o verdadeiro segredo da leitura, a partir de certos livros desenvolvemos a aprendizagem e a escrita. Os livros oferecem-nos tudo o que sabem!
A biblioteca não é apenas um lugar de empréstimo semanal de livros para os alunos, também não é um local de prática de pesquisas ou de visionamento de filmes em dias chuvosos. Ela é muito mais do que isso, é um centro de informação da escola. As bibliotecas escolares têm várias funções em relação às bibliotecas públicas, comunitárias e universitárias. Elas têm o propósito de ajudar o aluno, o professor e os demais profissionais da escola a desenvolverem os seus trabalhos de forma mais eficiente.
O livro é uma arte muito valiosa, contudo muito esquecida pela sociedade de hoje, apesar da sua importância para a sociedade e para a formação do ser humano. Ler desenvolve a criatividade e o pensamento. Embora o livro seja uma fonte de conhecimento única, acaba sempre por ser substituída pelas tecnologias de hoje.


Inês Isabel 11.º B

Desafio de novembro



     Para o resolveres, clica no link ou no QR CODE:

          . Link: https://docs.google.com/forms/d/1riXk2rO0gCvEdef3eAxbKU0qH_v2ZJHra4fSMRBtRb4/edit

             . QR CODE:

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Classificação de ângulos e posição relativa das retas

Disciplina: Matemática

. Ano: 5.º


OU

     * Acede ao QR CODE:


Sistema digestivo

Disciplina: Ciências Naturais

. Ano: 6.º


OU

     * Acede ao QR CODE:

domingo, 12 de novembro de 2017

Expressões numéricas/mediatriz de segmento de reta

Disciplina: Matemática

. Ano: 6.º


OU

     * Acede ao QR CODE:

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Os livros oferecem o que são


Os livros têm uma grande influência na sociedade atual, apesar de cada vez mais estarem a ser postos de lado, por causa do aparecimento das novas tecnologias, ainda são muito consultados por nós.
Penso que, atualmente, não há tanta gente a frequentar as bibliotecas como há uns anos. Nós lemos livros todos os dias para aprender, pesquisar entre outras necessidades, mas este hábito julgo que se vai perder. No futuro, os livros vão ser substituídos por computadores, as bibliotecas vão dar lugar a salas de informática. A sociedade está a evoluir e penso que com esta evolução os livros vão ser postos de parte e vão acabar por desaparecer.
Cada livro é um livro e se a evolução tecnológica levar ao seu desaparecimento, penso que se irá perder muita informação, o que é um aspeto negativo para a nossa cultura e para a sociedade.


Edgar Silva 11.º B

Alimentação

Disciplina: Ciências Naturais

. Ano: 6.º


OU

     * Acede ao QR CODE:


Fatores

 Disciplina: Matemática

. Ano: 6.º

     * Clica no link:  https://docs.google.com/forms/d/1M1YHb3aLrrd241FoLGMur2mLwf97TJ1mlPJbRgzFCj4/edit

OU

     * Acede ao QR CODE:

terça-feira, 7 de novembro de 2017

Dia das Bruxas


     A biblioteca escolar vestiu-se a rigor para celebrar esta data.


     Os livros saltaram das prateleiras e ganharam vida, atraindo leitores de obras que viajam pelo mundo da escuridão, da feitiçaria e do horror...

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

domingo, 29 de outubro de 2017

Cantiga de Amigo e Cantiga de Amor

Divisores

 Disciplina: Matemática

. Ano: 5.º


OU

     * Acede ao QR CODE:

"As bibliotecas são como os aeroportos"


A biblioteca é um lugar onde se viaja! Na biblioteca tudo é diferente, esquecemos o mundo real e entramos na fantasia!
Os livros ajudam as pessoas não só a aprender, mas também fazem com que reflitam e pensem quando algo lhes corre mal na vida pessoal. Os livros contêm muita informação útil para os leitores.
Na minha opinião, as pessoas que tentam substituir os livros pelas redes sociais não fazem ideia do erro que estão a cometer, até porque adianta pouco manter os livros de capa fechada, nem que seja só pelas imagens, vamos abri-los e descobrir novos mundos!
David  11.º B


sexta-feira, 27 de outubro de 2017

“Ler é esperar por melhor”


Ler é uma fonte de conhecimento. Quando vamos ler um livro, já sabemos que vamos aprender alguma coisa, quer sejam novas palavras, novas histórias, ou algo sobre alguém.
Ao lermos conseguimos imaginar tudo na nossa cabeça, parece que estamos dentro da história, dá-nos a sensação que estamos a vivê-la. Quando queremos saber de alguma coisa, alguma notícia, temos de ler. Os livros despertam as nossas emoções.
 As bibliotecas são sítios onde estes livros estão à nossa espera. Podemos encontrar todos os tipos de livros nas bibliotecas, desde histórias de aventuras, contos, dicionários, bibliografias de autores importantes, romances, livros para rir e para chorar. Apesar de agora as pessoas trocarem isto tudo pela Internet e as novas tecnologias!
 Mas as bibliotecas não deixam de ser bibliotecas e os livros não deixam de ser livros, mesmo com as novas tecnologias. Nunca vai deixar de ser maravilhoso entrarmos numa biblioteca, escolhermos um livro e lermos à vontade ou até mesmo requisitá-lo para lermos em casa.

Elisabete Ribeiro 11.º B

"As bibliotecas são como aeroportos"


“As bibliotecas são como aeroportos” como diz Valter Hugo Mãe, pois elas fazem-nos sentir como se estivéssemos num aeroporto. Com a leitura de vários livros podemos apreender e viajar com as palavras dos textos.
Os livros que encontramos nas bibliotecas são muito interessantes, alguns permitem-nos esquecer a realidade e aliviar os nossos dias; fazem-nos refletir sobre a vida quando estamos a passar um mau momento.

João Castelo 11.º B


quinta-feira, 26 de outubro de 2017

“As Bibliotecas são do tamanho do infinito”

“As bibliotecas sabem toda a maravilha”: na minha opinião, nas bibliotecas podemos encontrar tudo, livros de todos os tamanhos e com diferentes conteúdos.
Com a ajuda dos livros podemos viajar, sem sair do sítio, podemos ficar a saber coisas que pensávamos que não existiam. Os livros aumentam a curiosidade, fazem nascer em nós o desejo de conhecer coisas novas.
Eu considero que as bibliotecas são como um “aeroporto”. Quando entramos numa biblioteca, sabemos que vamos partir numa viagem e que, quando sairmos de lá, ficamos a saber mais um pouco.

Diogo José, 11.º B

terça-feira, 24 de outubro de 2017

Números primos e compostos (II)

. Disciplina: Matemática

. Ano: 6.º



OU

     * Acede ao QR CODE:


"As bibliotecas são do tamanho do infinito e sabem toda a maravilha”

As bibliotecas são muito importantes, pois são locais cheios de magia, informação, diversão, aventura e conhecimento. Nas bibliotecas, nós conseguimos encontrar livros sobre os mais diversos temas, por isso as bibliotecas são “lugares de viagem”, que nos enriquecem.
Para mim, as bibliotecas são muito especiais, porque todas as pessoas podem frequentá-las, não importa a cor, a cultura, a religião, a altura ou qualquer outra coisa. As bibliotecas acolhem toda a gente que queira aproveitar bem o tempo, sozinho, com a família ou com os amigos.
A passagem da crónica de Valter Hugo Mãe que escolhi para ser o título do meu texto foi: “As bibliotecas são do tamanho do infinito e sabem toda a maravilha”. Eu escolhi esta passagem porque é uma realidade, pois não interessa o tamanho real das bibliotecas, visto que elas têm um tamanho infinito, devido a todo o conhecimento que têm dentro delas, através dos livros. E elas “sabem toda a maravilha” porque têm livros que falam do mundo e de contos de encantar.

Em conclusão, as bibliotecas levam-nos a viajar para outros mundos através dos seus livros. Elas fazem-nos entrar no mundo do imaginário, da ciência, da história e de tantas outras coisas. E como nos diz Valter Hugo Mãe “ as bibliotecas são como aeroportos”, e por isso podemos viajar nelas.


Ana Margarida, 11.º B

Figura Mistério de outubro


Link: https://docs.google.com/forms/d/10oDcCcfrCkiPJp5rsj6553fC7fAf3GPCW0yud2dERk4/edit

Figura Mistério


Números primos e compostos

. Disciplina: Matemática

. Ano: 6.º



OU

     * Acede ao QR CODE:


sábado, 21 de outubro de 2017

Nutrientes

. Disciplina: Ciências Naturais

. Ano: 6.º




OU

     * Acede ao QR CODE:

Expressões numéricas

. Disciplina: Matemática.

. Ano: 5.º.




OU


     * Acede ao QR CODE:

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

A importância das rochas e do solo na manutenção de vida

Disciplina: Ciências Naturais

Ano: 5.º


          . Clica no link:


quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Informações-prova - Exames Nacionais


Provas Finais - 3.º Ciclo do Ensino Básico

     . Matemática 92 [pdf]                                    

     . Português 91 [pdf]                                       

     . Português Língua Não Materna (A2) 93 [pdf]                                        

     . Português Língua Não Materna (B1)  94 [pdf]                                        

     . Português Língua Segunda 95 [pdf]      

 

Exames Finais Nacionais do Ensino Secundário      

     . Alemão 501 [pdf]                       

     . Biologia e Geologia 702 [pdf]

     . Desenho A 706 [pdf]

     . Economia A 712 [pdf]

     . Espanhol 547 [pdf]                                   

     . Filosofia 714 [pdf]                                    

     . Física e Química A 715 [pdf]                                 

     . Francês 517 [pdf]                                   

     . Geografia A 719 [pdf]                                             

     . Geometria Descritiva A 708 [pdf]                                      

     . História A 623 [pdf]

     . História B 723  [pdf]

     . História da Cultura e das Artes 724 [pdf]

     . Inglês 550 [pdf]

     . Latim A 732 [pdf]

     . Literatura Portuguesa 734 [pdf]

     . Matemática Aplicada às Ciências Sociais 835 [pdf]

     . Matemática A 635 [pdf]

     . Matemática B 735 [pdf]

     . Português 639 [pdf]

     . Português Língua Segunda 138 [pdf]

     . Português Língua Não Materna (B1)  839  [pdf]

terça-feira, 17 de outubro de 2017

Recursos Digitais - Divulgação


segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Concurso de cartazes publicitários


Concurso de cartazes publicitários

1. Modalidade: cartaz publicitário.

2. O cartaz publicitário tratará o tema da Biblioteca Escolar como promotora do sucesso escolar.

3. Cada cartaz publicitário deverá ser elaborado em folha/cartolina A4.

4. O cartaz publicitário deve ser inédito e original.

5. Podem candidatar-se a este concurso todos os alunos matriculados no Agrupamento de Escolas de Figueira de Castelo Rodrigo, no 5.º, 6.º, 7.º, 8.º e 9.ºanos.

6. Os concorrentes serão agrupados em dois escalões:
A – Alunos do 5.º e 6.º anos;
B – Alunos do 7.º, 8.º e 9.ºanos.

7. O cartaz publicitário deverá ser entregue nas Bibliotecas da EB 2 e/ou da Escola Secundária, até ao dia 14 de novembro.

8. O desrespeito pelas normas estipuladas neste regulamento levará à desclassificação dos trabalhos.

9. A apreciação dos cartazes publicitários será feita por um júri constituído pelos elementos da Equipa Pedagógica da Biblioteca e Departamento de Expressões.

10. Os critérios de apreciação:
a) criatividade/inovação;
b) qualidade estética;
c) organização;
e) obediência às características da tipologia textual em questão.

12. A divulgação dos resultados será feita dia 21 de novembro (todos os anúncios publicitários serão expostos na biblioteca escolar).

13. Das decisões do júri não haverá apelação.


domingo, 15 de outubro de 2017

Mês Internacional das Bibliotecas Escolares 2017


Regulamento do Concurso de Marcadores


Outubro Mês Internacional das Bibliotecas Escolares





Concurso de desenho de MARCADORES DE LIVROS

REGULAMENTO

1) O concurso de desenho de MARCADORES DE LIVROS, dinamizado pela Biblioteca Escolar no âmbito das Comemorações do Mês Internacional das Bibliotecas Escolares, destinase à elaboração de marcadores de livros para uso dos utilizadores da Biblioteca. O concurso é individual e destinase aos alunos do PréEscolar e 1.º ciclo.
2) O tema do concurso baseiase na mensagem «A minha biblioteca é…». Pretendese que cada marcador de livro tenha uma mensagem que realce a importância da biblioteca para a aprendizagem dos alunos. São admitidas variantes como «Ir a uma biblioteca é...», «Estudar numa biblioteca...», «Entrar na biblioteca…», etc.
3) Os marcadores de livros têm de ser desenhados à mão.
4) Cada aluno pode concorrer com apenas um exemplar.
5) A entrega dos desenhos é feita ao Professor Titular da Turma/Educadora. Cada professor escolherá os cinco melhores marcadores da sua turma, que posteriormente entregará na Biblioteca.
6) Cada aluno deve colocar o seu nome, ano e turma a que pertence na parte de trás do desenho.
7) Todos os marcadores de livros serão propriedade da Biblioteca que pode não os devolver e tem o direito de reproduzir, modificar, imprimir ou expor em qualquer forma de comunicação social sem qualquer aviso prévio.
8) A data limite pare entrega dos marcadores é o dia 31 de Outubro.
9) O resultado dos vencedores será afixado no placar da Biblioteca do agrupamento, no seu blogue e facebook.
10) Os prémios serão entregues na última semana de aulas do 1.º período.
11) O critério de avaliação será baseado no mérito artístico e na mensagem do tema designado.
12) O prémio está dividido em dois escalões:
• Escalão A: alunos do PréEscolar;
• Escalão B: alunos do 1.º Ciclo;
13) Os trabalhos serão apreciados por um Júri a constituir e das suas decisões não haverá recurso.
14) Haverá um 1.º prémio para cada escalão, bem como menções honrosas para os trabalhos cujo mérito o Júri reconheça.
15) O Júri pode deixar de atribuir os prémios, desde que entenda que nenhum dos trabalhos apresentados revela qualidade literária e estética bastante para ser distinguido, ou não se encontre nos parâmetros definidos por este regulamento.
16) Os trabalhos apresentados não serão devolvidos aos concorrentes.
17) Os casos omissos e as dúvidas de interpretação deste regulamento serão resolvidos pelo Júri.

Organização:
Biblioteca Escolar do Agrupamento de Escolas de Figueira de Castelo Rodrigo, professores do 1.º. ciclo e Educadoras.