terça-feira, 26 de novembro de 2013

'A Cegonha e a Tartaruga' (IX)

            Passado algum tempo, a Cegonha fez uma visita à Tartaruga e convidou-a para viajar com ela. A Tartaruga aceitou e empoleirou-se sobre a bela Cegonha.
        Voaram, voaram até que a Cegonha disse com uma voz entusiasmada que, ali ao lado, estava a Floresta Amazónia. A tartaruga pediu para visitar a impressionante floresta.
        Tinha muitas árvores gigantes, pássaros de encantar como o Tucano, com o seu bico gigante, o papagaio todo vaidoso com as suas penas coloridas, entre outros… Comeram a deliciosa manga, beberam o saboroso leite de coco e provaram o rei dos frutos, o ananás.
        Saindo da floresta, foram parar a África onde viram o grandioso leão e visitaram os maravilhosos desertos.
        De seguida, foram até à Índia onde andaram nos espantosos elefantes e provaram o delicioso chá indiano. Foram logo dar um mergulho ao Oceano Índico onde encontraram os tubarões de dentes afiados.
        A Tartaruga propôs-lhe que fossem até Paris onde encontraram a grande Torre Eiffel e comeram o queijo Camambert. A Cegonha disse que já estava cansada, mas ainda tinha de levar a Tartaruga a 2 sítios. O 1.º era a Nova Iorque, onde viram a estátua da liberdade e o segundo sítio foi Lisboa, onde viram o magnífico Padrão dos Descobrimentos e saborearam delicioso marisco.
        De regresso a casa, a Tartaruga disse que se sentia alegre, pois nunca tinha visto tantas maravilhas.
                                                                              Bia Santos 5.º B


'A Cegonha e a Tartaruga' (VIII)


Dia Internacional dos Direitos da Criança


          Para comemorar o Dia Internacional dos Direitos da Criança, as professoras responsáveis pela BE e pelo Clube de História levaram a cabo uma sessão na biblioteca escolar da escola n.º 2 do Agrupamento de Escolas de Figueira de Castelo Rodrigo, no dia 20 de novembro de 2013, pelas 14h30m, na qual participaram 15 alunos e onde as docentes apresentaram as seguintes atividades:
  Leitura do livro Uma Aventura na Terra dos Direitos;
  Visionamento de um powerpoint;
  Jogo da Glória.
            Com esta atividade e como a escola não é apenas um lugar para adquirir conhecimento, mas também um espaço de educação para a vida, pretendeu-se incutir nas crianças a noção do exercício pleno dos seus direitos e do respeito pelos seus deveres. O primeiro é o resultado de um aumento de autonomia e responsabilização, que se realiza por meio de atividades diversificadas. A melhor conceção de educação é aquela que promove o pleno desenvolvimento da personalidade da criança e do jovem, para o preparar para assumir o seu lugar na sociedade como cidadão livre e responsável, exigindo, em contrapartida, uma atitude cívica exemplar, no respeito pelos outros, crianças ou adultos, de qualquer condição, cor e religião.
            Os seus direitos e os seus deveres foram trabalhados através da leitura do livro, do visionamento do powerpoint e ainda do jogo da Glória, onde foram colocadas questões sobre o que tinham aprendido anteriormente.
            Também se fez um pequeno debate para troca de ideias, onde os alunos se mostraram muito interessados e que decorreu de uma forma ordeira e organizada.
            O professor João Vaz foi convidado para esta comemoração, na qual participou como júri no jogo da Glória.

'A Cegonha e a Tartaruga' (VII)


'A Cegonha e a Tartaruga' (VI)


'A Cegonha e a Tartaruga' (V)


'A Cegonha e a Tartaruga' (IV)


'A Cegonha e a Tartaruga' (III)


'A Cegonha e a Tartaruga' (II)


'A Cegonha e a Tartaruga' (I)


terça-feira, 19 de novembro de 2013

«Reino das Leituras»


Vida e Obra de Maria Judite de Carvalho

domingo, 17 de novembro de 2013

O nascimento de um livro

Doris Lessing parte aos 94 anos

     A escritora Doris Lessing, de nacionalidade britânica, Prémio Nobel da Literatura, faleceu hoje, aos 94 anos, na sua casa, em Londres.
     A autora recebeu o galardão máximo da literatura em 2007, quando contava já 87 anos, tendo-se tornado a mulher mais velha a ser contemplada com ele.
     Aquando da atribuição do prémio, a Academia Sueca descreveu-a como «um exemplar de experiência feminina que, com ceticismo, fogo e poder visionário, sujeito uma civilização ao escrutínio».
     Dentre a sua vasta obra, constituída por mais de 50 romances, que vão desde a autobiografia à ficção científica, destacam-se Filhos da Violência, O Quinto Filho, A Boa Terrorista (1985) e A Erva Canta (1950).

terça-feira, 12 de novembro de 2013

Bibliopaper 2014 - Ficha


'Não há Mapa Cor-de-Rosa', Medeiros Ferreira


     "A segurança de Portugal, como de outros países europeus, passa por um entendimento internacional sobre as «dívidas soberanas». Caso contrário assistiremos ao desmantelamento dos serviços públicos do Estado deste a Península Ibérica à Península Balcânica [...]. O maior perigo que espreita a República Portuguesa é mesmo o da alienação da sua vontade de participar, no exato momento em que os mecanismos próprios do sistema financeiro mundial e do funcionamento atual da UE tendem a anular os interesses de países como Portugal. Ora, a sociedade portuguesa só pode vencer esse desafio com uma política externa própria e ativa. E sem novas ilusões sobre qualquer Mapa Cor-de-Rosa que o prolongamento das dificuldades tem tendência a suscitar."

'O Fantasma dos Canterville'

'Halloween'


     As BE do agrupamento associaram-se às celebrações do Halloween, aproveitando o ensejo para divulgar o seu fundo documental e dedicando o mural de escrita da biblioteca da EB2 ao tema.

Dia Mundial da Alimentação

     A BE, em colaboração com os docentes da disciplina de Ciências Naturais, comemorou o Dia Mundial da Alimentação, através da construção de um mural de escrita alusivo ao tema e da promoção de diversas atividades lúdicas.
     Na escola sede, foi levada a cabo, ainda, uma exposição do fundo documental referente à temática.

III Congresso Internacional Fernando Pessoa


segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Colóquio / Homenagem a Aquilino Ribeiro


     Consultar o programa aqui. »»»

     Mais informações aqui. »»»

sábado, 9 de novembro de 2013

A antiga música grega reconstruída


     Entre os anos de 750 e 400 a. C., os Gregos Antigos compuseram música destinada a ser acompanhada pela lira e vários outros instrumentos de percussão.
     Passados mais de 2000 anos, um conjunto de académicos reconstruiu e executou alguns temas gregos dessa época, a partir de documentos datados de cerca de 450 a. C.

A 'Ilíada' lida em grego antigo

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Língua portuguesa será matéria curricular na Guiana

     O governo da República Cooperativa da Guiana decidiu que a língua portuguesa passará a figurar como matéria curricular do ensino secundário do país. Esta medida resulta do interesse que as autoridades guianenses possuem em estreitar laços com o Brasil devido ao crescente desenvolvimento da economia brasileira.
     A iniciativa vai ser desenvolvida, numa primeira fase, em cinco liceus do país, para posteriormente ser estendida, de forma progressiva, à totalidade dos centros de ensino secundário guianenses.

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Prémio José Saramago 2013


     Ondjaki, pseudónimo do escritor angolano Ndalu de Almeida, de 36 anos, venceu a oitava edição do Prémio Literário José Saramago, com o romance Os Transparentes, obra publicada em 2012 com a chancela da Editorial Caminho.

Mote (II)


Mote


(Des)Interesse pela leitura


sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Dia Europeu das Línguas na BE