segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

Concurso Nacional de Leitura: Prova do ensino secundário


     Para resolveres a prova do Concurso Nacional de Leitura do ensino secundário, clica no link entre parênteses [prova] ou acede ao QR CODE com o teu smartphone.


quinta-feira, 16 de janeiro de 2020

Figura mistério de janeiro

     Quem sou eu?

     Algumas pistas: gostava do mar e da ciência; quase ninguém gostava de mim; fui assassinado no século passado.

     Já sabes quem sou?

     Para resolveres o enigma, clica no link [figura-mistério] ou socorre-te do QR CODE, usando o teu telemóvel. 

Desafio de janeiro

     Resolve o desafio do mês de janeiro. 

     Para tal, clica no link [desafios] ou dirige o teu telemóvel para o QRCODE.

quarta-feira, 15 de janeiro de 2020

Concurso Nacional de Leitura: Prova do 1.º ciclo


     Para resolveres a prova do Concurso Nacional de Leitura do 1.º ciclo, clica no link entre parênteses [prova] ou acede ao QR CODE com o teu smartphone.


terça-feira, 14 de janeiro de 2020

Concurso Nacional de Leitura: Prova do 3.º ciclo


     Para resolveres a prova do Concurso Nacional de Leitura do 3.º ciclo, clica no link entre parênteses [prova] ou acede ao QR CODE com o teu smartphone.



A Maior Flor do Mundo

     Depois de teres lido A Maior Flor do Mundo, uma obra escrita por José Saramago, o único escritor de língua portuguesa a ganhar o Prémio Nobel da Literatura, responde ao questionário que te propomos sobre o texto, clicando no link [questionário].

segunda-feira, 13 de janeiro de 2020

Concurso Nacional de Leitura: Prova do 2.º ciclo


     Para resolveres a prova do Concurso Nacional de Leitura do 2.º ciclo, clica no link entre parênteses [prova] ou acede ao QR CODE com o teu smartphone.


domingo, 12 de janeiro de 2020

Comparação de números racionais


     Resolve os exercícios propostos, clicando no link [comparação-de-números-racionais] ou acede ao QRCODE com o teu telefone.


Reflexões como isometrias


     Queres aprofundar os teus conhecimentos sobre reflexões como isometrias?

     Queres testar os conhecimentos que já possuis sobre o assunto?

     Clica no link [reflexões-como-isometrias] ou aponta o telemóvel para o QRCODE:


Raspadivinhas de Natal

     Neste Natal, a Areal Editores lançou um desafio de adivinhas.

     Raspa e encontra a solução correta.

     Trata-se de um desafio natalício para toda a família.

     Clica no link [raspadivinhas] e diverte-te.

terça-feira, 24 de dezembro de 2019

Feliz Natal!


domingo, 15 de dezembro de 2019

Natal lúdico

     Natal...
     
     Um jantar em casa da avó...

     A neta e um piano...

     Uma noite muito especial...

     Depois de teres lido o texto "Natal", resolve o crucigrama para o interpretares e diverte-te a resolver a sopa de letras.

quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

Figura mistério de dezembro


     Resolve o enigma e descobre a figura mistério deste mês, clicando no link [figura mistério] ou usando o QRCODE:

quinta-feira, 28 de novembro de 2019

O império português: o Brasil

     O Brasil era a mais importante colónia do império português.
     De lá vinham vários produtos (tabaco, ouro, diamantes, açúcar, etc.). Para desempenhar as tarefas referentes a essas atividades, foram usados os índios nativos e, mais tarde, os escravos provenientes de África.
     Graças à ação dos bandeirantes, as fronteiras do Brasil ultrapassaram largamente o que estava estipulado no célebre Tratado de Tordesilhas.
     Queres saber mais sobre o assunto? Clica no link [o império português - o Brasil] ou faz uso do QRCODE:

Desafio do mês de dezembro


     Antes que a neve caia, se enfeite o pinheiro e as rabanadas perfumem a casa, resolve o desafio do mês de dezembro: [desafio].


quinta-feira, 21 de novembro de 2019

E-book Novelas do Minho


     . Autor: Camilo Castelo Branco
     . Ano de lançamento: 1875 - 1877
     . Género: Contos
     . Número de Páginas: 212
     . Formatos Disponíveis: EPUB - PDF
     . Idioma: Português Europeu

E-book A Viúva do Enforcado


     . Autor: Camilo Castelo Branco
     . Ano de lançamento: 1877
     . Género: Romance
     . Número de Páginas: 109
     . Formatos Disponíveis: EPUB - PDF
     . Idioma: Português Europeu

E-book Amor de Perdição


     . Autor: Camilo Castelo Branco
     . Ano de lançamento: 1862
     . Género: Romance
     . Número de Páginas: 155
     . Formatos Disponíveis: EPUB - PDF
     . Idioma: Português Europeu

Ensinar e aprender com o Twitter

Para capacitar as pessoas que usam o Twitter para que possam analisar criticamente os conteúdos que veem, no início da Semana Mundial de Alfabetização Midiática e Informacional 2019 da UNESCO, foi lançado este novo guia para educadores, chamado Ensinar e Aprender com o Twitter.
Fácil de ler, informativo e divertido, o guia tem o objetivo principal de ajudar os educadores a capacitar as gerações mais jovens com competências de alfabetização mediática, permitindo que façam as perguntas certas sobre conteúdos que encontram na internet e analisem criticamente as notícias e informações com as quais se envolvem.
O guia contém diretrizes de melhores práticas sobre alfabetização mediática da UNESCO e também uma lista de leitura com curadoria de especialistas em programas da UNESCO, cujo objetivo é orientar os educadores sobre a atual literatura de ensino sobre esse tópico.
Para garantir um amplo alcance global, ele será traduzido inicialmente para nove idiomas: inglês, francês, espanhol, alemão, português, árabe, japonês, sueco e hindi, com plano futuro de traduzi-lo para outras línguas.
Também distribuiremos o guia para as escolas, alavancando nossas parcerias em todo o mundo, por exemplo, via rede de ONGs relevantes da UNESCO, agências estaduais de educação e a rede europeia de Centros de Internet Segura.
Esses esforços complementam diretamente o nosso processo de desenvolvimento de políticas sobre desinformação - e mais especificamente a abertura de um novo período de comentários públicos, quando você poderá dar opinião sobre as próximas políticas que adotaremos para combater a mídia sintética e manipulada em nosso serviço.
 
Sala de aula digital
O guia também contém dicas para educadores e pais que desejam descobrir os benefícios do uso do Twitter como uma ferramenta de aprendizagem na sala de aula ou em casa, oferecendo uma combinação útil de teoria, planos de aula e estudos de caso.
A partir de uma visão holística do que significa ser um bom cidadão digital, o manual também contém seções sobre segurança online e a respeito de como educadores podem lidar com o cyberbullying e aprender a controlar sua pegada digital. Veja mais detalhes aqui.

Referência: Twitter e UNESCO lançam guia de alfabetização midiática e informacional. (2019). Blog.twitter.com. Retrieved 3 November 2019, from https://blog.twitter.com/pt_br/topics/company/2019/twitter-e-unesco-lancam-guia.html


Camilo Pessanha | 1867-1926


Escreveu poemas e sonetos singulares como a sua vida. Camilo Pessanha é considerado "o representante mais genuíno do simbolismo" em Portugal. Em Macau cumpriu um exílio voluntário de quase 30 anos por causa, dizem, de um desgosto de amor.

Por um amor não correspondido desterrou-se em Macau durante quase 30 anos. Ana de Castro Osório recusou o seu pedido de casamento, mas foi ela quem  cuidou de editar “Clepsidra”, o livro de poesia que o imortalizou.
Camilo não se preocupava em guardar o que escrevia em papel, antes tinha os poemas de cor e os ditava quando era preciso. Na sua “poesia de imagens” há uma melodia de palavras, um encontro entre estados de alma e musicalidade, um ritmo de sons perceptível na leitura. A sua obra  “é o fruto mais puro e sazonado do Simbolismo português”. Os poemas mais antigos que se conhecem são “Lúbrica” de 1885 e, “Caminho” de 1887. Depois da sua morte, foram publicados ensaios seus sobre a cultura oriental num volume intitulado “China”.
Camilo Pessanha (1867-1926), doutor formado na faculdade de Direito em Coimbra, foi professor, advogado e redator de jornais em Macau. A adaptação à pequena colónia portuguesa não foi fácil, com o tempo conseguiu  desenvolver uma paixão pela arte e literatura chinesas. Aprendeu a falar cantonense, traduziu poemas da dinastia Ming  e foi um colecionador de arte oriental que veio a doar ao estado português.
De Camilo diz-se que se deixou cair no vício do ópio, que a sua figura impressionava pela magreza, pelas barbas negras e um certo olhar febril, que tinha a saúde fraca e medo da morte. Por duas vezes voltou a Portugal para tratar-se. Mas o poeta que escreveu  “eu vi a luz em um país perdido, a minha alma é lânguida e inerme” morreu na sua Macau, que um dia chamou “o chão antipático do exílio”.

ReferênciaCamilo Pessanha, um poeta ao longe. (2019). Camilo Pessanha, um poeta ao longe. Retrieved 9 November 2019, from http://ensina.rtp.pt/artigo/camilo-pessanha-1867-1926/

Conteúdo relacionado