terça-feira, 21 de março de 2017

'Escrever um livro, Criar um filho, Plantar uma árvore'


Escrevi um livro.
Quantos anos a sonhá-lo.
a rascunhá-lo nas mesas dos cafés,
a escrevê-los nos intervalos do emprego,
a vivê-lo,
a sofrê-lo,
na província, nas cidades...!

Criei um filho.
Tanta alegria no meu coração!

Só ainda não plantei uma árvore.
O frágil caule como protegê-lo?
Como não deixar que os bichos
maculem as pequeninas folhas?
E como dialogar com uma árvore-menina?

Agora vai sendo tempo.
Os anos já me pesam.
Amanhã vou plantar uma árvore.

Saúl Dias, Essência

Sem comentários:

Publicar um comentário